Trem

Ouçam o apito, ele vem chegando
Vem chegando na estação
Vejo a fumaça, ele vem fumegante
Ele vem de longe e já vai para mais distante
Chega na estação pessoas descem depressa
Um entra e sai de sonhos, desejos e possibilidades
Confiro meu bilhete e o nome da cidade
Espera feliz é o meu destino
Rumo a felicidade
O maquinista ajeita-se na cadeira
O trem apita novamente
Pela janela vejo a paisagem
Bem ali na frente
Minha mala está recheada de sonhos
Meu coração, cheio de saudade
E a certeza que depois de percorrer muitos trilhos
Encontrarei minha felicidade

Perla Lopes